Recomendações

(8)
Perciliano do Nascimento, Segundo Tenente de Polícia Militar
Perciliano do Nascimento
Comentário · ano passado
Belo texto, Dr Pedro Custódio. Longe e despretenciosamente, de ser um "John Grisham". Sou apenas e tão somente um homem realizado, que sempre "persistiu" em tudo na vida, até com relação a uma ainda "menina" de 14 anos (casado com ela, hoje, a mais de 50 anos), com a qual mantinha um namoro as escondidas, cuja família "tradicional" (Madeira) de Rio Claro,sp, não aprovava jamais, pela idade dela e, por ser eu um "pé rapado". Vindo de uma infância muito pobre, não tendo nem terminado o Ensino Básico, por motivo de ter que trabalhar pra ajudar minha mãe nas despesas da casa (sem marido). Passei por várias "profissões", como ex. babá (isso mesmo) de um recém-nascido, ajudante de armazém (alimentos), engraxate, ajudante de açougue, auxiliar em afazeres domésticos, caseiro de fazenda, boia fria, etc. Somente ao completar a idade de servir o EB, é que comecei a "despertar" de um pesadelo de vida, amorosa, pois não conseguia namorada firme, porque ao descobrirem que eu era um "pé rapado", davam-me um "chute no traseiro", financeira, porque não conseguir comprar nem uma bicicleta e, só tinha um par de sapatos, uma calça e uma camisa para passeio. Se alguém por aqui não se simpatiza muito com militares (EB), lamento, mas foi EXATAMENTE alí (Quartel do 17ºRegimento de Cavalaria-Pirassununga,sp), que as luzes de uma nova vida se "acenderam", iluminando então meu "caminho". Consegui terminar meus estudos, mesmo que Nível Médio, consegui uma profissão, consegui, finalmente casar-me com aquela "menina" de Rio Claro,sp, consegui ainda solteiro, adquirir minha casa própria (Rio Claro,sp), consegui grandes e importante amigos, como sempre cito um deles, o já falecido advogado Dr Valdomiro de Andrade, o Dr Alcyr Menna Barreto (Promotor), advogado Dr Rui Fina, Engº Lincon Magalhães, etc. Comecei a interessar-me por investimentos em imóveis (casas e terrenos), contando sempre com "orientações" jurídicas dos amigos juristas, quanto as documentações do que pretendia adquirir. Grande parte disso tudo, devo a minha "sócia" (esposa), pois ela também se interessou e, juntos conseguimos nossas conquistas. Longe de ser eu um milionário, mas os imóveis que temos (eu e a esposa) em São Pedro-sp, Itupeva-sp e Jundiaí-sp, já são o suficiente para "encerrar" nossa "estadia" neste "Planeta Terra", com total "segurança" financeira. Sinceramente, não conhecia NADA de John Grisham, mas assim que sair as ruas (Jundiaí), vou procurar algo relacionado a essa "figura" fantástica"de um ser que acreditou em sim mesmo e jamais desistiu. Tenho comigo um lema:" Não fique chorando pelos cantos, vá a luta "." Tropeçou, levante-se e siga em frente "." De grão em grão, a galinha enche o papo "." Piano, piano, se vá lontano "...
Hamilton Luiz de Camargo Jr, Advogado
Hamilton Luiz de Camargo Jr
Comentário · há 4 anos
Prezado Dr. José Roberto.
Sou especialista em acordar com as janelas do apto tremendo pelo ruído produzido pelos carros com volume de musica no máximo. Abaixo uma cartilha de como proceder. Aprendi depois de muito sofrimento, mas vem dando certo. (é claro que temos um Cap. PM responsável e atencioso que cumpre seu dever quando de plantão, já em outros plantões, a inércia é a regra).

1- Baixe em seu celular um programa gratuito de gravação de chamadas;
2- Ao acionar o 190, pergunte o nome do atendente e qual o batalhão ou cia que ele está;
3- Informe o ocorrido e solicite a presença da viatura por flagrante de crime ambiental (art 54 Lei dos Crimes Ambientais) e fornecimento, entrega, venda de bebidas a adolescentes (art 243, ECA), apontando os veículos infratores ;
4- Se a PM for até o local e tomar providência, ótimo;
5- Se a PM Não aparecer: a) Fotografe ou grave vídeos curtos de 20 segundos do que esta acontecendo; redija um pedido de providência relatando os crimes ocorrido, o nome dos atendentes, os horários das chamadas em ordem cronológica; c) grave os áudios das chamadas em CD, as filmagens e fotografias;
6- De posse do documento redigido em 2 vias, dirija-se até o comando do policiamento da área e solicite conversa com o comandante ou do responsável pelo atendimento de chamadas ao 190;
7- Explique as razões de sua ida até o local, entregue o CD com o conteúdo gravado, e solicite que ele assine a 2a via com recebido. Esta formalizada sua reclamação.

Aqui resolveu, a PM chega e vai mandando os desocupados vazarem dali.
Caso não resolva, de posse do documento assinado e cópia do cd entregue a PM, dirija-se até o Ministério Público, veja qual a Promotoria com Atribuição na esfera do controle externo da atividade policial e segurança pública e protocole tudo solicitando providências.
Da trabalho, mas o direito não socorre os que dormem!
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Maringá (PR)

Carregando

Mauricio Guimaraes

Entrar em contato